Sobre os padrinhos

Nossa singela homenagem aos padrinhos de casamento.

Padrinhos da Noiva
Gui & GabiO Gui foi o primeiro amigo que fiz nessa vida, quando eu tinha apenas 19 dias de vida ele chegou no Mundo para deixar o meu Mundo ainda melhor. Filho dos melhores padrinhos que eu poderia ter, o Gui é muito mais do que um primo, é meu irmão. Tivemos uma infância incrível, entre brigas e brincadeiras, passamos juntos pela temida adolescência regada a Blink 182, GreenDay e até Forfun. Rezei por ele enquanto ele estudava para entrar na faculdade, mas sempre tive certeza de que ele conseguiria conquistar tudo o que quisesse.

Desde que conheceu o Breno, o Gui apoiou a relação logo de cara, o que me faz quase explodir de felicidade. Para completar o time, chegou a Gabi, que de tão querida já tem um espaço gigante em nossos corações. Ter vocês ao nosso lado no dia mais importante das nossas vidas é o melhor presente que poderíamos ganhar.

Fê & FabioA Fê faz aquela frase “Amigos são a família que a gente escolhe” ser a mais pura verdade. Ela é mais que amiga, melhor amiga, meio filha, meio mãe, mas sempre irmã. Ela é viagens para a praia, filmes adolescentes em tardes frias, whatsapp de bom dia quando é boa noite, aquele grito de alegria quando toca a música preferida num show, ela é quem eu penso quando escuto a palavra saudade.

Sabe aquela pessoa que está presente nas suas melhores memórias? É a Fê. No meu primeiro encontro com o Breno, adivinhem quem estava lá? Pois é...E depois de um tempo, em suas aventuras do outro lado do Mundo, a Fê conheceu o Fabio. Deu match! O Fabio é a metadinha da Fê, feito milimetricamente para ela. Às vezes fico imaginando o quanto seria bom tê-los por perto, o quanto sairíamos nós 4 juntos, e termino o pensamento com um sorriso no rosto e um pensamento de “quem sabe...”. Em 2016 eu e o Breno fomos com muita alegria padrinhos deles, agora é a vez deles de gastarem bastante com o presente ;).

Katita & Rafael e Tha & FlavioNão tem como falar de Thalita sem falar de Karin, nem falar de Katita sem falar da Tha. Nos conhecemos no primeiro dia de aula do Pré, em 1994 e seguimos a sério aquilo que escrevíamos nos cadernos umas das outras “Amigas para sempre”. Nossa amizade nasceu assim, da forma mais linda e pura possível. Acompanhamos todas as fases uma da outra: dentes de leite, primeiros amores, as dúvidas do que prestar no vestibular, brigas, viagens de formatura, empregos, estresses e conquistas.

Mas nunca imaginamos (e olha que imaginamos muitas coisas juntas nesses mais de 23 anos de amizade) que todas nós casaríamos com uma diferença de 6 meses uma da outra. Uau! Acho que não dá para ser melhor do que isso. Não teria como casar sem ter elas duas, junto com o Rafael e o Flavio, ao nosso lado. Um capítulo cheio de amor na história da nossa amizade.

BiaFui a única neta pelo lado da minha mãe por 11 anos e quando meu tio deu a notícia que a Bia estava a caminho achei que eu fosse ter um treco de tanta ansiedade.. os meses se tornaram longos, não passavam. Quando ela nasceu, eu entendi o porquê. Era tanto amor por aquele pacotinho de gente que não sei explicar, deve ser coisa de outras vidas mesmo. A Bia cresceu assim, grudada em mim e eu nela. Ainda bem.

Hoje, com, 16 anos, vejo a Bia se tornar uma mulher linda, inteligente e cheia de planos para o futuro. Mas, o abraço.... aaaah o abraço, ainda é do mesmo jeitinho desde sempre, apertado e cheio de amor. Quando eu a vi dando esse mesmo abraço no Breno, não tive dúvidas, ela seria nossa madrinha.

MorrasPerdi as contas de quantas vezes tive que explicar que na verdade ele se chama Mauricio. Mas, se tenho que explicar tanto deve ser por que falo muito dele. E como não falar? Somos amigos desde a sexta série e, junto com o Tso, criamos um laço (ou melhor, um triângulo, muito forte).

O Morras faz a linha discreto, nunca foi de grandes demonstrações de carinho, mas elas sempre estão lá, presentes. Ele é aquele amigo que todo mundo gosta sabe? Meus pais, avós, tias, primas, amigas e outros amigos.. e como não gostar de uma pessoa que só joga energia boa pro Mundo? Não tem como. Lembro quando contei para ele que eu estava com o Breno. Ele me perguntou se eu estava feliz. Eu respondi: “muito”. Ele abriu um sorriso e falou “Que da hora”. Morras, da hora mesmo vai ser curtir mais esse momento com você.

Padrinhos do Noivo
Renan

Gustavo & Gabriella

Marcim & Zazas

Murilo & Flávia

Nana & André

Paulo & Adriana

Pedel & Carol